Translate

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Ibson: ‘Nosso elenco não é ruim, mas nossa realidade é diferente’


Volante reconhece que a proximidade do Flamengo da zona de rebaixamento assusta: 'É uma situação muito difícil'



Ibson, durante o treino do Flamengo nesta segunda
(Foto: Maurício Val / VIPCOMM)

O Flamengo busca vitórias e explicações para a má fase. Cinco rodadas sem vencer, três derrotas seguidas, desempenho ruim do time e uma posição preocupante na tabela marcam o atual momento do Rubro-Negro no Campeonato Brasileiro. O grupo não tem mostrado poder de reação, tanto que o técnico Dorival Júnior e o diretor de futebol Zinho reconhecem que o cuidado imediato da equipe é se afastar da zona de rebaixamento. O volante Ibson concorda. Segundo ele, o clube até teria chances de pensar em objetivos maiores na competição, mas é preciso cair na real.

- Nosso elenco não é ruim, tem condições de brigar em cima, mas nossa realidade é diferente. Estamos em 13º lugar, com 27 pontos (tem um jogo a menos), essa é a nossa realidade. Primeiro temos de pensar em sair de perto do pessoal de trás, que está mais próximo. Nosso elenco tem muitos jogadores jovens. Mas isso é cada vez mais comum nos times. Você vê meninos com 16, 17 anos, no profissional. Acho que todos os jogadores sentem (o mau momento). Uns mais, outros menos. Temos conversado, não adianta a gente brigar, às vezes o jogador pode não entender, brigar não vair resolver nada. No Flamengo a proporção dos problemas é sempre maior.

O camisa 7 diz que os resultados recentes obrigam o time a ter consciência de que o risco de queda existe.



- É claro que temos de pensar, sim. São três derrotas consecutivas, não temos atuado bem. Passei por isso em 2004, quando tínhamos de vencer o último jogo para não depender de ninguém. É uma situação muito difícil. A gente pede o apoio da torcida, sei que é difícil, o torcedor age com emoção, quer ver o Flamengo vencendo, mas precisamos do apoio e do carinho da torcedores para sairmos dessa situação. Temos que saber lidar com a pressão. O momento é de trabalhar, refletir, olhar para si mesmo e entrar em campo para reverter a situação.

O Flamengo tem pouco tempo de preparação e precisa se recuperar rápido. Nesta quarta-feira, o time enfrenta o Santos, na Vila Belmiro, pela 24ª rodada. O Peixe, ex-clube de Ibson, não vive boa fase. O time de Muricy Ramalho ocupa a 15ª posição, também com 27 pontos. Com Neymar, no entanto, o futebol dos paulistas cresce.

- Parar o Neymar é difícil. Temos de conversar bastante sobre isso. O Santos tem um grande grupo, um grande treinador, apesar de não estar num bom momento.


fonte link


siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário