Translate

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Patricia Amorim admite que 'futebol está deixando a desejar' em sua gestão


Mandatária reconhece que administrar o Flamengo 'é doloroso', não confirma se irá tentar a reeleição, mas garante que quem apoiar vencerá o pleito no fim do ano






Presidente reconhece que o futebol está deixando a desejar (Foto: Paulo Sergio)

A gestão da presidente Patricia Amorim tem sido marcada por grandes investimentos no setor estrutural, mas fracassou no futebol, esporte que traz mais rendimento para o Flamengo e considerado o carro chefe do clube da Gávea. Durante inauguração do Muro dos Tijolinhos e do campo 5, investimentos que contaram com ajuda da Ambev, na manhã desta segunda-feira, no Ninho do Urubu, a mandatária reconheceu que o futebol não foi bem em sua administração e apesar dos aspectos positivos em três anos, está avaliando se tentará a reeleição como presidente do clube por esse aspecto.



- Ainda está cedo. Eu ainda tenho tempo. Até o dia 30 de setembro isso está equacionado. Os avanços são muito grandes. A parte patrimonial, sede, parte esportiva... Mas o futebol realmente está deixando a desejar e é o carro chefe. Então eu avalio. Converso muito com a família. No final, quem decide mesmo são as pessoas que estão em seu entorno. A dedicação que eu tenho é diária, tem sido muito doloroso para família. Se for importante para o clube, a gente continua. Se eu não continuar como presidente, eu vou eleger o presidente e eu não tenho a menor dúvida disso. Eu ganho a eleição - explicou a presidente Patricia Amorim.

O Flamengo conquistou apenas o Campeonato Carioca de 2011 na gestão de Patricia Amorim e acumulou insucessos, como as eliminações na Libertadores de 2010 e 2012. Esta última com um grande investimento, mas o time foi eliminado na primeira fase. Em 2010, chegou a brigar contra o rebaixamento e neste ano está em 13º lugar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro deste ano e saiu de mão abanando no Campeonato Carioca de 2012.

- O que tem de sério é que o Flamengo tem a avançar. Melhorar a sua condição técnica em campo. Já jogou melhor no campeonato. Isso é prioridade. Eleição, quem vem ou não, não é prioridade. A prioridade é vencer e dar alegrias ao torcedor. Esse é o foco - encerrou a mandatária.


fonte link

siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário