Translate

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Com torcida maior em BH, Fla bate Minas e chega a 14 vitórias seguidas




Líder da competição, Rubro-Negro faz 105 a 90 fica a três vitórias de igualar recorde de 2008/09. Time enfrenta o Paulistano nesta quinta-feira, no Rio


Por Flávio DilascioBelo Horizonte





O Flamengo segue com uma campanha irrepreensível na temporada 2012/13 do Novo Basquete Brasil (NBB). Nesta segunda-feira, em jogo adiado da segunda rodada, o Rubro-Negro visitou o Minas, na Arena Minas, em Belo Horizonte, e o resultado foi mais uma vitória, desta vez pelo placar de 105 a 90. Com 14 triunfos em 14 jogos, o time comandado por José Neto segue se aproximando do recorde de 17 vitórias na primeira fase do campeonato. A marca foi conquistada pelo próprio Flamengo na temporada 2008/09. O Rubro-Negro já detonou também o recorde de melhor início de temporada do NBB, que era do Brasília, com oito vitórias seguidas, na segunda edição do campeonato. Olivinha, do Flamengo, e Beal, do Minas, foram os cestinhas da partida, com 25 pontos.

O ala-pivô rubro-negro ainda teve participação fundamental no garrafão, com 11 rebotes, três a menos que o pivô Caio Torres, melhor do jogo no quesito. Caio ainda contribuiu com 23 pontos, mesmo número de Marquinhos, habitualmente o cestinha da equipe.

Líder, agora com 28 pontos, a equipe da Gávea volta a jogar nesta quinta-feira, às 20h, quando recebe o Paulistano no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio. Já o Minas, décimo colocado com 21 pontos, enfrenta a Liga Sorocabana nos mesmos dia e horário, no ginásio Gualberto Moreira, em Sorocaba (SP). 

Duda arremessa, marcado por Renato, do Minas (Foto: Divulgação)

Equilíbrio inicial

O duelo começou equilibrado com os times se alternando no placar. Empurrado por sua torcida, maioria dentre os 1.219 espectadores presentes à Arena Minas, o Flamengo abriu quatro pontos pela primeira vez aos cinco minutos, graças a uma cesta de três de Caio Torres. Aos poucos, o time do Rio foi tomando conta da partida, mas o Minas não se entregou, voltando a igualar o marcador aos oito. Entretanto, a 15 segundos do fim do primeiro quarto, Benite arriscou de longe e acertou o arremesso de três: 28 a 25 para o Rubro-Negro, placar do período.
saiba mais
Classificação e tabela de jogos do NBB

Dez de vantagem

O segundo quarto começou movimentado, com o time mineiro indo para cima. Aos dois minutos, Douglas Nunes marcou dois pontos e ainda sofreu falta, levantando a torcida mineira. Convertido o lance livre, o Flamengo acordou e voltou a pontuar em sequência. Aos quatro, Caio Torres anotou mais dois, marcando 39 a 32. A pouco mais de um minuto do fim, Duda acertou de três e deixou o Flamengo com a vitória parcial praticamente sacramentada: 53 a 45. Faltando 20 segundos para o término, Caio Torres ainda marcou mais dois, fazendo com que o time da Gávea fosse para o intervalo com 10 pontos de vantagem.

Caio Torres sobe para anotar mais dois pontos para o Flamengo (Foto: Divulgação)

Minas vira, Fla acorda

Na base da raça, o Minas ensaiou uma reação no início do terceiro quarto. Aos três, Mineiro invadiu o garrafão e pontuou para o time da casa, diminuindo para 62 a 55. Dois minutos depois, Betinho arremessou de longe e reduziu a diferença para apenas dois pontos. Aos sete, o que parecia impossível aconteceu. Em arremesso da zona de três, Betinho marcou de "chuá", colocando o Minas em vantagem: 70 a 69. Foi a senha para o Flamengo acordar e voltar a ditar o ritmo da partida. A um minuto do fim, Olivinha arrancou sozinho e, de bandeja, fez 73 a 72. Faltando dois segundos para o término, Marquinhos ainda pontuou para o time carioca, que fechou o período em 77 a 72.

Arrancada no último quarto

Disposto a liquidar o confronto o quanto antes, o Flamengo voltou para o último quarto com uma postura mais ofensiva. Com pouco mais de um minuto, o Rubro-Negro já havia feito sete pontos, contra nenhum do adversário. Aos quatro, Beal marcou de três e deu esperanças ao Minas, apesar do placar de 89 a 78 para o rival. Gastando o tempo, Caio Torres anotou dois pontos em rebote aos oito, praticamente liquidando a partida: 98 a 82. O mesmo Caio foi quem marcou o 100º do time do Rio no minuto seguinte, para delírio da torcida rubro-negra, que viu sua equipe fechar o placar em 105 a 90.



Fonte  link



siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário