Translate

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Com show de Marquinhos, Fla vence e se recupera na Liga das Américas




Ala anota 32 pontos, time carioca faz 109 a 59 sobre o Fuerza Regia, do México, e se mantém vivo na briga pela classificação no grupo B


Por GLOBOESPORTE.COMBarquisimeto, Venezuela





Ao contrário da ressaca que tomou conta dos foliões após o primeiro dia de carnaval, a derrota para o Brasília na sexta-feira não trouxe maiores consequências para a saúde dos jogadores do Flamengo. Com 32 pontos do ala Marquinhos - 18 deles no primeiro tempo -, o time rubro-negro voltou a jogar como o líder do NBB, neste sábado, em Barquisimeto (VEN), e atropelou o Fuerza Regia por 109 a 59 (41 a 20), pela segunda rodada do grupo B da Liga das Américas. Com a vitória, o Rubro-Negro segue vivo na briga por uma vaga à próxima fase da competição.

Além de Marquinhos, Benite, que anotou 20 pontos, cinco assistências e cinco rebotes, Olivinha, com 15 pontos e nove rebotes, e o paraguaio Bruno Zanotti, com 13 pontos, três rebotes e duas assistências, também se destacaram.

Com uma vitória e uma derrota, o Flamengo volta à quadra neste domingo, pela última rodada da primeira fase, contra o Estrellas Occidentales (VEN), às 20h25h. Na preliminar, os atuais tricampeões brasileiros enfrentam o Fuerza Regia (MEX), às 18h.

O JOGO

O Flamengo começou bem diferente diante dos mexicanos. Com um início arrasador, marca registrada na campanha de 20 vitórias consecutvias no NBB, a equipe rubro-negra fez 10 a 4, sendo que os cinco primeiros pontos do Rubro-Negro foram todos anotados por Marquinhos. O time carioca só foi ameaçado na metade do primeiro quarto, quando os mexicanos diminuíram o prejuízo para apenas dois pontos (17 a 15). Mas a reação parou por aí, e o Flamengo terminou o período vencendo por 21 a 15.

O time carioca voltou para o segundo quarto disposto a resolver logo a parada. Com Kojo e Duda em quadra, o Flamengo passou a jogar em velocidade, fez 12 a 5 nos primeiros seis minutos e aumentou a diferença para 33 a 20. Imediatamente, o técnico Daniel Tacheny parou o jogo. O tempo pedido pelo comandante do Fuerza Regia de nada adiantou. Com oito pontos consecutivos de Marquinhos, que terminou o primeiro tempo com 18, o time da Gávea fez 8 a 0 e foi para o vestiário vencendo por 41 a 20.

Antes de a bola subir, o Flamengo ainda foi beneficado por uma falta técnica marcada contra o time mexicano. Marquinhos anotou os dois lances-livres, chegou aos 20, e aumentou a diferença para 43 a 20. Quando o jogo foi reiniciado, o panorama continuou o mesmo. Com o paraguaio Bruno Zanotti entre os titulares, o time carioca não tomou conhecimento da equipe mexicana, venceu o terceiro período por 33 a 22 e foi para os últimos dez minutos com uma confortável vantagem de 32 pontos.

Com a vitória praticamente assegurada, o último quarto foi um treino de luxo. O técnico José Neto aproveitou para dar ritmo de jogo ao pivô Shilton, que está voltando de contusão, e aos jovens Feliz e Diego. Mas se o primeiro tempo foi todo de Marquinhos, o segundo foi de Benite. O armador ditou o ritmo da equipe e foi um dos personagens da vitória no último período por 35 a 17.


Fonte Link


Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário