Translate

quinta-feira, 28 de março de 2013

Primeira vitória de Jorginho tem golaço e 'cara de Flamengo'




O técnico Jorginho teve uma 1ª vitória dramática em seu 2º jogo no Flamengo
Do UOL, no Rio de Janeiro


Se o empate sem gols na estreia foi um tanto quanto frustrante, a primeira vitória de Jorginho veio com tons de muita emoção. A atuação no triunfo de virada por 2 a 1 sobre o Bangu foi definida pelo próprio treinador como típica do Flamengo: na base da superação. Mas ainda assim houve espaço para um golaço decisivo de Rodolfo.

A raça foi a grande qualidade do Flamengo no confronto com o Bangu, definido aos 41 minutos do segundo tempo, com gol de João Paulo. Pouco inspirado, o time esbarrava na falta de pontaria e na falta de criatividade de seu meio-campo. O Rubro-negro, no entanto, superou o rival na base da disposição, destacada por todos os jogadores após a partida.

“Tivemos chances de empatar e virar no primeiro tempo ainda. Mas valeu o empenho de todos. Essa vitória é a cara do Flamengo. Mostramos muita luta e conseguimos os três pontos”, disse o zagueiro Alex Silva ao final do jogo.

Foi em meio a tanta vontade que aconteceu o golaço de Rodolfo. O meia foi o escolhido por Jorginho para a missão de dar novo gás ao meio-campo da equipe no segundo tempo, no lugar de Carlos Eduardo. E cumpriu ao acertar um belo chute no ângulo direito do goleiro Getúlio Vargas. O tento empatou o placar e botou o Flamengo novamente no jogo.

O empenho de seus jogadores em campo dará alguns dias de tranquilidade para o treinador. O Flamengo já não vencia há três jogos, e um novo tropeço poderia deixar o clima mais tenso no clube. Há pouco tempo no cargo, o técnico não estaria ameaçado, mas poderia se desgastar no comando da equipe.





“A vitória dá mais tranquilidade para nós trabalharmos. Isso tudo mexe no astral desses jogadores. Dá confiança, faz com que o clube tenha um ambiente melhor. É uma equipe em formação, para qual estamos procurando o melhor. Quando não dá na técnica, vai na raça. Não podemos relaxar”, decretou Jorginho.

O treinador também testemunhou o surgimento de uma boa opção para as próximas partidas. Embora tenha falhado nas oportunidades de gol que teve no primeiro tempo contra o Bangu, o jovem Gabriel mostrou bom futebol e se movimentou bem durante o jogo. O atleta iniciou o confronto e não decepcionou Jorginho.

“O Gabriel criou jogadas importantes durante a partida. Depois, no final, estava cansado por não jogar um jogo inteiro há muito tempo [foi a primeira partida completa pelo Flamengo], mas contribuiu bastante até o final”, elogiou Jorginho.

Fonte Link



Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário