Translate

terça-feira, 23 de abril de 2013

Fla propõe parcelar dívida e revolta Ibson: "parece que sou Casas Bahia"



Ibson não tem sido relacionado para as partidas do FlamengoFoto: Alexandre Vidal/Fla Imagem / Divulgação


Uma reunião nesta terça-feira entre a comissão técnica e o departamento de futebol do Flamengo decidirá os nomes que não fazem parte dos planos para o restante da temporada. O meia Ibson, que não vem sendo relacionado ultimamente pelo técnico Jorginho, deve ser o principal personagem da reformulação no elenco do Flamengo.

Na próxima quinta-feira, completará o sexto mês de atraso dos direitos de imagem que o clube paga a ele. A proposta de parcelar a dívida (que pode chegar a R$ 900 mil) em 24 vezes foi recebida de forma irônica pelo jogador. Ele foi orientado a não falar publicamente sobre o caso, mas já externou a pessoas próximas a insatisfação.

"Pô, em várias vezes não dá. Parece que sou Casas Bahia!", chegou a dizer o volante rubro-negro.

Para Ibson ser apresentado pelo Flamengo, em maio do ano passado, a então diretoria, encabeçada por Patricia Amorim, comprometeu-se a pagar uma comissão de aproximadamente R$ 2 milhões ao empresário do atleta, Eduardo Uram.

Só depois que houve esse acordo foi possível que Ibson, ex-Santos, vestisse a camisa do Flamengo pela terceira vez na carreira. O custo mensal assumido chega a R$ 600 mil mensais. Ao procurador coube um quarto desta fatia: R$ 150 mil. O salário de Ibson, que está em dia, é de R$ 300 mil.

Quando a antiga gestão saiu do Flamengo, havia um débito de três meses de direitos de imagem. Como a folha de pagamento do clube fecha no dia 25 de cada mês, Ibson, que não recebeu esta parte ainda da nova direção, encabeçada por Eduardo Bandeira de Mello, terá dívida de seis meses a serem quitados.

Desde janeiro, o departamento de futebol do clube vem tentando encontrar uma forma de negociar a saída– até o momento sem sucesso. Com o andamento tumultuado das conversas, o técnico Jorginho foi aconselhado a não relacionar Ibson desde o jogo de ida da Copa do Brasil, contra o Remo, em Belém. Assim como outros integrantes do grupo de jogadores que não devem ser aproveitados pelo time, o volante não será dispensado imediatamente - treinará separadamente até que surja um clube interessado em contratá-lo.


Fonte Link



Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário