Translate

quarta-feira, 11 de julho de 2012

De passado vascaíno, Ramon chega ao Fla e não revela time do coração


Lateral-esquerdo, de 24 anos, assina contrato de empréstimo de um ano e meio e se apresenta para ser titular de Joel Santana




Chegou e partiu direto para o campo. O primeiro dia de Ramon no Flamengo foi de trabalho. Na manhã desta quarta-feira, o novo camisa 6 rubro-negro juntou-se aos companheiros para treinar. Antes de ser apresentado pelo vice de futebol Paulo Cesar Coutinho e pelo diretor de futebol Zinho, realizou um trabalho técnico com parte do grupo. O jogador, de 24 anos, assinou contrato de um ano e meio, com opção de compra. Ele pertence ao Corinthians e chega para ser titular. É a quinta tentativa do clube de acertar na lateral esquerda. Depois da saída de Juan, em dezembro de 2010, Egídio, Rodrigo Alvim, Junior Cesar e Magal foram as apostas. Nenhum deles se firmou.

- Estávamos acertados há um mês, mas tinha a disputa da Libertadores, felizmente fui campeão. Volto ao Rio mais maduro, com mais experiência, buscando os objetivos da minha carreira. Quem veste a camisa do Flamengo tem o obrigação de pensar em Seleção. O clube tem força para te colocar lá, te impulsiona. Primeiro quero ser titular, mostrar um bom futebol, honrar a camisa do Flamengo e depois pensar em Seleção Brasileira.




Ramon tem contrato com o Corinthians até junho de 2015. O lateral-esquerdo defendeu o Vasco de 2009 a 2011, ano em que conquistou a Copa do Brasil. Ele está no Timão desde julho do ano passado e também foi campeão brasileiro pelo clube. Nesta temporada, participou de algumas partidas do Nacional e foi reserva na vitoriosa campanha da Libertadores.

Com passagem pelo Cruz-Maltino, já esperava uma pergunta: "Qual o time da infância?". Na resposta, fez mistério.

- Já esperava (risos). Eu sou um cara que tem 24 anos, não sou nenhum garoto, mas também não sou experiente. Poderia falar meu time da infância, mas fica no ar. Entendam como quiserem. Quero honrar a camisa do Flamengo. Sei que é um clube rival, respeito como qualquer outro clube. Sou Flamengo, estou no Flamengo. Mesmo jogando lá, torcedores do Flamengo me falavam que sou um bom lateral, que um dia jogaria no clube. Mesmo não estando aqui eu era reconhecido. Espero jogar muito e retribuir a confiança.

Ramon já vestiu a camisa do Flamengo. Foi em 1998, quando esteve no núcleo do clube no Espírito Santo.

- Tinha dez anos, joguei no núcleo do Flamengo. Foi onde comecei, onde tudo começou. Odestino oferece essas chances e estou muito feliz aqui, com a camisa do Flamengo. Espero honrar essa camisa de tradição enorme.

Como vinha jogando pelo Corinthians, Ramon tem condições de estrear contra o Bahia, domingo que vem, pela nona rodada do Brasileirão. Só precisa da regularização na CBF. Por questões contratuais, ele não poderá enfrentar o Timão na próxima quarta-feira, no Engenhão.

fonte: globo.com
Postar um comentário