Translate

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Patrícia Amorim tira licença no Flamengo para ir às Olimpíadas de Londres


As recentes críticas, principalmente após a derrota do Flamengo para o Corinthians, na quarta-feira, desgastaram a presidente Patricia Amorim. Xingada pela torcida, a mandatária saiu escoltada do Engenhão. Com a intenção de espairecer, Patricia vai tirar uma licença de 10 dias e, na próxima quarta-feira, viaja para Londres, a fim de assistir a algumas competições das Olimpíadas.


Foi o vice de relações externas, Walter Oaquim, quem aconselhou a licença presidencial:


- Sugeri que ela pegasse os filhos, tirasse umas férias e sumisse do circuito. Quando voltar, estará com uma disposição maior - explicou Oaquim.


O vice-presidente geral do clube, Hélio Ferraz, assumirá as funções de Patricia durante sua ausência. Atualmente, ele já acumula a vice-presidência de finanças, já que Michel Levy também está ausente, esquiando na Argentina.


- Sou bem pago para isso. Como vice-presidente, sou muito bem pago - ironizou Ferraz, em conversa com o site do Extra.


Patricia Amorim já havia se licenciado por quatro dias, em junho, para resolver problemas particulares. Em abril, ela chegou a ser convidada pela CBF para chefiar a seleção feminina de futebol durante os Jogos Olímpicos. Àquela época, esquivou-se do convite, alegando que o Flamengo era sua prioridade.


- Receber esse convite me sensibiliza, mas preciso pensar, o Fla é prioridade. Tenho certeza que em julho estará tudo tranquilo - disse a dirigente, condicionando sua viagem a Londres à situação do clube no período dos Jogos.


As Olimpíadas começam em uma semana. O Flamengo está em 10º lugar no Campeonato Brasileiro.


Fonte: Extra Globo
Postar um comentário