Translate

terça-feira, 24 de julho de 2012

Zinho elogia Joel e nega assumir o comando do Flamengo



Poucas horas após confirmar a demissão de Joel Santana, Zinho decidiu se pronunciar sobre a decisão e o futuro do Flamengo. Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, o diretor de futebol do clube até elogiou o ex-treinador rubro-negro, mas disse que a situação da equipe estava insustentável. O dirigente também evitou falar quem será o novo comandante.





Apesar da indefinição, Zinho pode anunciar o próximo técnico já nesta terça-feira. Dorival Junior, recém demitido do Internacional, é o favorito para assumir a equipe no restante da temporada. De acordo com Ancelmo Gois, colunista do jornal O Globo, o acordo já está selado e o anúncio oficial acontecerá em poucas horas.
-


Zinho explica saída de Joel


Como não poderia deixar de ser, Zinho explicou quais foram os motivos para a demissão do técnico Joel Santana. Para o diretor de futebol, o ex-treinador já estava em uma situação insustentável.


“Foi o conjunto da obra, já venho analisando o comportamento da equipe, o dia a dia dotrabalho. Não foi especificamente o jogo do Cruzeiro. Como diretor de futebol, estou analisando o futuro, a posição da equipe na tabela, poder de reação do grupo, o poder da comissão técnica de conseguir resultados. Nada contra o Joel. Eu comuniquei. Colocaram vários treinadores do Flamengo com o Joel aqui. Estive aqui para dizer que ele era o treinador e que quando não fosse ele seria o primeiro a saber. A situação estava insustentável. Em outras situações eu segurei”, disse.

O diretor de futebol, que realizou uma reunião com todos os atletas antes da coletiva, destacou o bom relacionamento com Joel Santana e confirmou que o elenco ficou triste com a decisão, apesar de já estar preparado para a mudança no comando do time rubro-negro.

“Passei para eles que o futebol tem esses momentos. Em alguns períodos criamos afinidade com algumas pessoas. E você cria sentimento com as pessoas. Tem aquele sentimento de tristeza, mas percebi que o grupo entendeu por conta de tudo o que já vinha sido noticiado. Estavam meio que preparados. O grupo gosta muito do Joel e ele sai pela porta de frente, mas isso acontece. Não atingimos os resultados e houve uma troca”, comentou.
Zinho também descartou qualquer possibilidade de assumir a equipe nos próximos jogos. O diretor de futebol afirma que não existe a menor chance de abandonar o cargo atual para se tornar treinador.
“Se eu estou de diretor, sou diretor. A minha postura é até em respeito ao Joel porque estávamos trabalhando junto. Não acho correto. A minha função é ser diretor de futebol, não treinador. Lá na frente, quando eu deixar de ser diretor, pode acontecer. Mas agora não tem nenhuma chance”, analisou.
Por último, Zinho, que não citou nomes, disse que espera anunciar o novo comandante ainda antes da próxima partida pelo Campeonato Brasileiro, que acontece nesta quinta-feira, contra a Portuguesa.
“Hoje foi dia de conversar com o Joel, conversar com a comissão técnica, com os jogadores, de colocar uma comissão interina. Espero anunciar antes do jogo de quinta. Vou buscar um treinador que se encaixe no meu perfil, que saiba trabalhar com um grupo mesclado, que tem muitos garotos, de modernização do futebol, com uma conduta profissional. Se até quinta não tiver essa chegada, os interinos vão comandar a equipe”, finalizou.





Fonte: ESPN|PVC

Postar um comentário