Translate

domingo, 5 de agosto de 2012

Flamengo não confirma contato por valdivia mais Imprensa postula novo " NÃO"



Com pouco fôlego financeiro, o Flamengo mergulhou raso no mercado nacional para tentar pescar alguns reforços antes do fechamento da janela interna, dia 31 de agosto, mas o anzol tem voltado vazio. Na rede do diretor de futebol, Zinho, só tem caído peixes pequenos. Os mais graúdos nadam para o fundo, caso do meio-campoValdívia, do Palmeiras.

Desde o episódio de violência contra ele e sua família, o chileno quer deixar a cidade de São Paulo. Sabendo do desejo e atento ao número de jogos do meio-campo — seis, inferior aos sete permitidos para transferências internas —, o diretor Zinho fez contato com o gerente de futebol palmeirense, Cesar Sampaio, ex-companheiro de time nos tempos de jogador, que refutou a sondagem. O presidente do Verdão, Arnaldo Tirone, também foi procurado, mas recusou a hipótese de negociar o Mago.

— Não quero sair para outro clube brasileiro. Tive uma conversa com o Sampaio para ratificar o meu desejo — se pronunciou Valdívia, através do site oficial do clube paulista.

O Flamengo não confirma qualquer negociação em curso, mas não esconde o desejo de contar com o jogador de 28 anos.

— Não há essa negociação, ele interessaria, mas não está acessível. O mercado está concorrido — disse o presidente em exercício do Flamengo, Hélio Ferraz. Zinho, diretor de futebol, e o vice Paulo Cesar Coutinho não comentaram as negociações. Mas já há um certo pessimismo entre a diretoria e o técnico Dorival Júnior sobre a chegada de reforços.

Rodrigo Moledo, zagueiro do Internacional, foi indicado pelo treinador, mas o clube gaúcho não aceita emprestá-lo e a multa rescisória é alta. O empresário do jogador, Sandro Zardo, tenta convencer a direção colorada, contudo o presidente Giovanni Luigi — que parece irredutível —, mesmo com o jogador perdendo a vaga para Juan. As referências do atleta de 24 anos foram as melhores, passadas por Dorival Júnior, mas o Internacional pede alto.
Chegada de Liedson gera tensão

A precipitação por parte dos empresários de Liedson em confirmar o acerto com o Flamengo gerou uma onda de tensão no clube, já que os exames do jogador ainda não foram avaliados pelos médicos do Rubro-negro.
Um interlocutor questionava ontem o presidente em exercício Helio Ferraz sobre a condição do atleta, que fez três cirurgias no joelho. O dirigente retrucou:

— Se o departamento médico der o ok eu não vou discutir medicina esportiva. Gosto do jogador, mas está entregue aos médicos. Se não for aprovado o contrato não vale — disse Helio Ferraz.

Por sua vez, o médico Serafim Borges explicou que todos os exames serão enviados pelo Corinthians, ex-clube de Liedson, e não haverá novos exames clínicos já que o protocolo é idêntico.

— O Marcelo Soares (médico) vai dar uma olhada no joelho dele segunda-feira, e estando tudo bem será apresentado — disse Serafim.

O técnico Dorival Júnior ainda não confirmou a chegada de Liedson, mas ontem fez mudanças na defesa no treino. Marllon foi testado no lugar de Gonzalez e outras experiências aconteceram, como Muralha e Renato no lugar de Amaral e Ibson.

Fonte: Jornal Extra
Postar um comentário