Translate

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Love batiza bola da Copa e sonha: ‘Seria muito bom jogar com ela’

Atacante do Flamengo participa de ação promocional em um shopping do Rio de Janeiro e dá seu voto: ‘Brazuca tem a ver com o Brasil’

A bola da Copa do Mundo Fifa no Brasil precisa de um nome. O pontapé inicial está marcado para 12 de junho de 2014, mas o batismo do objeto de desejo de todos os jogadores está em curso. Bossa Nova, Brazuca ou Carnavalesca? Na tarde desta quarta-feira, o atacante do Flamengo Vagner Love ajudou a batizá-la. Em uma ação promocional da adidas, fornecedora de material esportivo do atacante e criadora da bola que vai rolar pelos estádios brasileiros, o Artilheiro do Amor deu seu voto num shopping da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

- Escolhi o nome Brazuca. Como a Copa será aqui, Brazuca tem a ver com o Brasil – disse o jogador, que encontrou o meia Felipe, do Vasco, no local.





Mais do que participar do batismo da bola, Vagner Love quer conhecê-la em 2014. Artilheiro do Brasileirão ao lado de Fred, do Fluminense, com nove gols, o atacante rubro-negro vive um bom momento depois de ter ficado oito jogos em jejum. Nas últimas quatro partidas, fez cinco gols.

- Seria muito bom jogar com ela, ter o contato com essa bola nos estádios brasileiros, disputar uma Copa do Mundo no Brasil. É algo que penso, sonho, vou procurar trabalhar forte no Flamengo para voltar a ter uma chance na Seleção.

O camisa 99, aliás, lembrou da primeira vez que teve contato com o objeto que tantas vezes colocou para dentro dos gols pelo país e pelo mundo.

- Caramba… Não tenho muito em mente quem me deu a minha primeira bola, mas foi minha mãe ou meu pai. Desde os cinco anos sempre gostei de bola, brigava com a minha mãe para ir para os campinhos, tinha que atravessar a rua e era muito pequeno, sempre joguei bola com garotos mais velhos. Eles pediam para minha mãe deixar eu atravessar a rua – contou.

Assim como o atacante, você, torcedor, é quem vai decidir em votação no GLOBOESPORTE.COM como se chamará a bola do próximo Mundial. A eleição estará aberta até o dia 2 de setembro.

Os nomes escolhidos representam traços das características mais marcantes do Brasil. Muito mais que um nome, Bossa Nova é um cartão de visita do país. Um jeito diferente de fazer música que, assim como o nosso futebol, conquistou o mundo com arte e beleza.

A bola que vai rolar nos nossos gramados tem que ter a nossa alegria, a nossa irreverência. Essa é a bola que vai representar o nosso orgulho de ser brasileiro. E ela tem que ser a nossa cara, ter o nosso nome. Essa bola tem que ser Brazuca.

O Brasil é ritmo, ginga, alegria, espetáculo. Com a bola ou o samba no pé, a gente encanta o mundo. Por isso, a Carnavalesca representa a nossa mistura de povos em uma bola que tem tudo a ver com a nossa cultura e arte.

Fonte: Globo Esporte.com

siga-nos pelo twitter@urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário