Translate

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Primeira semana de Dorival Jr. no Flamengo tem folga, polêmicas e 'presentes'

Apesar do pouco tempo de Flamengo, Dorival Júnior já tem algumas histórias para contar. O novo treinador, que assinou contrato na última quarta-feira e já dirigiu o time na beira do campo no dia seguinte, ficou marcado por uma estreia relâmpago - antes mesmo de comandar uma atividade. Em uma semana de comando já acumula uma folga para resolver problemas particulares quando iria começar a ajustar o time.



Além disso, viu de perto algumas polêmicas comuns ao clube e ganhou alguns "presentes", como a semana de treinos após o jogo adiado contra o Atlético-MG e a promessa da diretoria de que reforços chegarão nos próximos dias.

Dentro de campo, algumas novidades também marcaram esta primeira semana. Mas nem todas tão boas. Em dois jogos no comando do rubro-negro, Dorival Júnior amargou um empate por 0 a 0 contra um time que luta contra o rebaixamento (Portuguesa) e uma derrota por 4 a 1 para o São Paulo fora de casa. No entanto, o treinador justificou que ainda não tinha conseguido um tempo para dar ao time sua "cara".

Tempo este que surgiu de maneira inesperada. Na última terça, a CBF adiou o confronto com o Atlético-MG - ainda sem data para ocorrer - e Dorival ganhou mais uma semana para preparar o time. O Flamengo só volta a campo na próxima quarta-feira, para enfrentar o Figueirense, em Florianópolis.

Estilo que agrada

E foi neste aspecto que as coisas mudaram positivamente. Em quatro treinos com o time titular, Dorival conquistou boa parte dos jogadores. Além de dar chance a alguns renegados por Joel Santana, o novo treinador apresentou um estilo dinâmico, com muita participação nas atividades no gramado do CT Ninho do Urubu. Os gestos e gritos agradaram.


DORIVAL E AS FOLGASPOLÊMICAS NO CLUBE"PRESENTES" PARA O TÉCNICO
Na primeira semana, Dorival teve relacionamento curioso com as folgas. Primeiro, tirou dois dias para resolver problemas particulares em Florianópolis. Depois, suspendeu a dos jogadores por um período maior de treinamentosMal chegou no clube, Dorival Júnior já percebeu o quão conturbado são os bastidores rubro-negros. Na última semana, assistiu a polêmica viagem da presidente Patricia Amorim à Londres. Depois, o episódio dos telefones "cortados" na sede da GáveaDepois de uma estreia sem tempo para treinar, o técnico "ganhou" uma semana e meia de trabalho após o adiamento da partida contra o Atlético-MG pela CBF. Depois, ainda viu suas solicitações atendidas pela diretoria, que prometeu reforços - como o atacante Liedson - para o decorrer desta semana
"Conheço o Dorival há um tempo e esse sempre foi o estilo dele. Gosta de falar, gesticular, orientar e ajudar bastante o time. O grupo gosta disso", confirmou o lateral esquerdo Ramon. "Às vezes, um time como o nosso precisa dessa mexida. A mudança ajuda, renova, motiva todo mundo", endossou o atacante Negueba, que foi testado no ataque pelo treinador. O discurso dos jogadores mostra que nem mesmo a decisão de suspender a folga deste fim de semana incomodou o elenco rubro-negro.

Liedson na área

E as mudanças no time de Dorival Junior não ficarão restritas às opções táticas com as peças que já estão no rubro-negro. As contratações pedidas pelo treinador começam a chegar nesta semana. Liedson, em estágio avançado de negociação, pode ser o primeiro "presente" para o novo técnico. A diretoria espera anunciar o jogador ainda nesta quinta.

fonte link
Postar um comentário