Translate

domingo, 23 de setembro de 2012

Flamengo espera carta da Adidas, que aumenta oferta em R$ 13 milhões

Montante, agregado ao contrato de R$ 350 milhões, diz respeito à ressarcimento à Olympikus, que poderá antecipar saída do clube já no fim deste ano

Bruno Braga e Eduardo Mendes - 22/09/2012 - 22:40 Rio de Janeiro (RJ)

Olympikus será substituída pela Adidas no Flamengo (Foto: Luiz Pires/VIPCOMM)

O Flamengo aguarda um documento assinado pela Adidas - o qual prevê um aumento da proposta feita ao clube em R$ 13 milhões - para encaminhar a oferta para ser apreciada pelo Conselho Deliberativo. Existe a possibilidade de a Olympikus ficar no clube só até o fim de 2012, antecipando o término do contrato em dois anos.

A inclusão desse valor, agregado aos R$ 350 milhões apresentados em abril pela multinacional alemã, diz respeito ao ressarcimento que a atual fornecedora receberá pelo investimento feito na construção do Museu do Flamengo.

Automaticamente, esses R$ 13 milhões serão acrescidos à bonificação de R$ 25 milhões prevista no contrato. Assim, o Rubro-Negro receberá de luvas R$ 38 milhões antecipadamente para assinar com a Adidas por dez temporadas e se tornar um clube Classe A da empresa.

A Olympikus enviou uma contraproposta ao clube no dia 23 de agosto, respeitando a data-limite estipulada pelo Flamengo. O clube, por sua vez, conseguiu prorrogar o prazo para responder à Adidas, alegando que precisaria analisar a nova oferta da fornecedora concorrente.

Os valores que o Fla receberia da Adidas entre 2015 e 2024, que garantem exclusividade, foram divididos em duas partes. Nos primeiros cinco anos, o clube ganharia R$ 12,5 milhões em dinheiro. Nos outros cinco restantes, esse montante aumentaria para R$ 17,5 milhões por temporada.

Há três situações, por sua vez, em que os pagamentos não sofrem variáveis. Seriam R$ 8 milhões em fornecimento de material esportivo, outros R$ 8 milhões em garantia mínima de recebimento de royalties e mais R$ 1,5 milhão em ações de marketing. Na primeira metade, então, o Flamengo teria direito a R$ 30 milhões por ano. Já a segunda parte asseguraria mais R$ 35 milhões por ano.

O atual contrato da fornecedora com o Flamengo é no valor de R$ 18 milhões por ano e vencerá no fim de 2014.

Contrato recorde de um clube brasileiro que está para ser fechado

FLAMENGO

Adidas: R$ 363 milhões/ 10 anos

Como será:

- Primeiros cinco anos (R$ 30 milhões/ano): R$ 12,5 milhões pela exclusividade, R$ 8 milhões em fornecimentos de produtos, R$ 8 milhões de garantia mínima de recebimento de royalties e R$ 1,5 milhão em ações de marketing

- Últimos cinco anos (R$ 35 milhões/ano): R$ 17,5 milhões pela exclusividade, R$ 8 milhões em fornecimentos de produtos, R$ 8 milhões de garantia mínima de recebimento de royalties e R$ 1,5 milhão em ações de marketing

- Luvas pela assinatura no prazo de seis meses antes da entrada em vigor do contrato: R$ 25 milhões + R$ 13 milhões (ressarcimento à Olympikus)

- Royalties: produtos com as marcas Adidas e do clube - 10% / produtos com as marcas do clube apenas - 4%

- Bônus por conquistas:
Campeonato Carioca - R$ 200 mil
Copa do Brasil - R$ 200 mil
Copa Sul-Americana - R$ 200 mil
Campeonato Brasileiro - R$ 750 mil
Copa Santander Libertadores - R$ 750 mil
Mundial Fifa - R$ 800 mil

Contrato dos quatro Classe A da Adidas (valor por temporada)

Real Madrid: R$ 100 milhões: Cerca de 40 milhões de euros por ano (até 2020)
Milan: R$ 42 milhões: Cerca de 17 milhões de euros por ano (até 2018)
Bayern de Munique: R$ 62 milhões: Cerca de 25 milhões de euros por ano (até 2020)
Chelsea: R$ 74,5 milhões: Cerca de 30 milhões de euros por ano (até 2018)

fonte link



siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário