Translate

sábado, 20 de outubro de 2012

Jairo dos Santos diz que Patricia Amorim não quis multar R49 no Flamengo: ‘Tem que ter cartilha para os dirigentes’


Ex-gerente de futebol não recebeu pagamentos Foto: Arquivo Agência O Globo

Fazendo conta para se livrar do rebaixamento — o risco hoje é de 8% — o torcedor do Flamengo pode se lembrar do ex-gerente Jairo dos Santos, conhecido como o homem da cartilha.

Observador técnico da seleção brasileira por 30 anos, ele revelou ao Jogo Extra que ainda não recebeu pelos três meses trabalhados no clube, entre março e maio, e deu detalhes de como a falta de organização administrativa pode ter culminado com o fraco desempenho do time no ano.

— Tentei punir o Ronaldinho, mas não consegui. Cheguei a colocar na mesa da Patricia para assinar, mas ela preferiu acumular as coisas — contou.

O ex-gerente de futebol reclamou que não tinha autonomia e recomendou a cartilha elaborada para regrar a conduta dos jogadores também para os dirigentes rubro-negros.

— Tem que ter a cartilha até para os dirigentes, treinadores, torcedores. Não deu certo porque as funções de cada não eram definidas, ficava uma situação de tensão. Você assume uma coisa e não tem ação concreta sobre o que é responsável. Foi uma grande confusão em termos administrativos — lamentou Jairo dos Santos, que defendia modelos baseados nos clubes europeus.

Em meio aos dirigentes escaldados da Gávea, ele não conseguiu se firmar. E acabou enrolado. Hoje, o tempo lhe dá a razão sobre a cartilha tão debochada.

— As normas têm que existir, não tem como — fala o homem da cartilha.


fonte link


siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo

Diogo Dantas
Postar um comentário