Translate

quarta-feira, 20 de março de 2013

Eleição empolga torcida por vida política e Fla bate recorde de sócios




A torcida do Flamengo tem buscado participar mais da vida política do clube
Rodrigo Paradella
Do UOL, no Rio de Janeiro



O movimento de renovação política gerado pela troca de comando no Flamengo empolgou os torcedores do clube. Animados pela eleição, os rubro-negros bateram o recorde de procura por títulos de sócios proprietários - aqueles que participam diretamente da escolha do presidente, por exemplo. Só o crescimento mensal do quadro social nos últimos 100 dias (132 admissões por mês) foi 48% acima da média anual registrada desde 2008 (89 por ano).

“Acredito que o momento da aquisição foi um dos melhores possíveis, embora a vontade de me tornar sócio fosse antiga. A nova administração traz esperança, de abertura daquela rotina politica engessada, o que empolga o torcedor de futebol e a quem quer ver o clube em melhores condições”, explicou Pedro Pessoa, de 26 anos, que adquiriu seu título em fevereiro de 2013.


Flamengo O técnico Jorginho comanda treino no CT Ninho do Urubu Alexandre Vidal/Fla Imagem

Os números dessa procura por participação na política do Flamengo impressionam. O quadro social do clube cresceu cerca de 11% em pouco mais de três meses. Ao todo, foram quase 1.350 novos sócios, sendo 443 deles proprietários e o restante de outras categorias (sócios patrimoniais, contribuintes, contribuintes-aluno e off-Rio).

A ideia de renovação propagada pelo atual presidente Eduardo Bandeira de Mello durante a campanha para as últimas eleições atendeu aos anseios de torcedores que desejam contribuir para o futuro do clube. Embora o desempenho da gestão ainda esteja longe de poder ter uma avaliação mais profunda, o movimento causado pela troca no poder na Gávea incentivou esse grupo de rubro-negros a procurar a participação direta no destino da agremiação.

“Sempre tive vontade de participar do dia a dia do clube, das decisões, dos bastidores e da política. O que me motiva fundamentalmente é a paixão de torcedor, a vontade de acompanhar o percurso político do clube e contribuir para um momento de evolução de alguma forma”, complementou Pessoa.

Apesar de não terem ligação direta com a corrente de adesão, os dirigentes do Flamengo se preparam para aproveitar o sentimento de renovação. O clube planeja organizar um esquema eficiente de venda de títulos através de seu site oficial, além de realizar melhorias na sede da Gávea.

Fora os sócios proprietários, o Flamengo busca também montar um novo e mais atraente plano de sócios torcedor. Em seu site, o clube já convida a torcida a efetuar o "cadastro Rubro-negro", que reunirá dados para auxiliar na montagem deste novo projeto, além de outras ações de marketing. Ao todo, já são mais de 150 mil cadastros finalizados.


Fonte Link



Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário