Translate

terça-feira, 19 de março de 2013

Wallim põe adeus na conta de Love: 'Ele pediu para sair'





Rio - A saída de Vagner Love do Flamengo no início do ano voltou à tona nesta terça-feira. Vice-presidente de futebol, Wallim Vasconcellos contestou o discurso usado pelo jogador de que não queria deixar o clube. De acordo com o dirigente, o Artilheiro do Amor pediu para sair do Rubro-Negro.


Love na coletiva de adeus ao Flamengo | Foto: Maíra Coelho / Agência O Dia

"Ao contrário do que Vagner Love disse, ele que me pediu para sair. Ele me ligava constantemente. Em minhas férias inclusive. Todos os jogadores do Flamengo só ficam aqui porque querem. A história é essa, não tem nada de salário alto. Se estiver produzindo e for bom para o Flamengo, irá continuar no clube", disse Wallim Vasconcellos em entrevista à Rádio Bradesco Esportes FM.

O adeus de Love foi sacramentado no dia 12 de janeiro. Naquele dia, o atacante concedeu coletiva ao lado do presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello. A justificativa de ambos foi que a oferta do CKSA era boa para as duas partes. O Artilheiro do Amor afirmou que não gostaria de sair do clube.

"Disseram muitas coisas antes desta saída, que eu estava chateado com a diretoria. Não houve nada disso. Inclusive é a segunda vez que estamos nos encontrando. Recebemos esta proposta, conversamos e vimos que seria melhor para mim. Saio do Flamengo com o coração na mão. Sempre fui Flamengo e não era meu desejo sair. Tenho certeza de que minha história no Flamengo não acabou. Espero voltar, como o presidente mesmo falou", disse Love à época.

Fonte Link



Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário