Translate

terça-feira, 26 de março de 2013

Fla lança plano de sócios 'provisório' como aposta para 'sair do buraco'




Zico apresentou o plano ao lado de dirigentes de Flamengo e Ambev
Rodrigo Paradella
Do UOL, no Rio de Janeiro


Com a presença do presidente Eduardo Bandeira de Mello - e outros dirigentes - e do ídolo Zico, o Flamengo apresentou nesta terça-feira seu novo plano de sócio-torcedor. Apesar de trata-lo como algo provisório, o clube espera que o programa seja o início da resolução dos problemas econômicos que têm afligido o Rubro-negro neste ano. A expectativa é que a iniciativa renda cerca de R$ 300 milhões por ano, com mais de 600 mil associados. A meta é acabar como o maior do tipo já em dezembro, com mais de 100 mil cadastros.

“Estou muito feliz porque podemos falar de uma boa notícia, e não de pagamento de dívidas ou de falta de recursos. Hoje [terça-feira] estamos trazendo um programa que nos fará sair do buraco e ir a outro patamar em termos de finanças e administração”, disse o presidente Eduardo Bandeira de Mello ao abrir a apresentação.


Flamengo O técnico Jorginho comanda treino no CT Ninho do Urubu Alexandre Vidal/Fla Imagem

A diretoria apelou à paixão dos rubro-negros no primeiro momento do programa. O vice-presidente de marketing Luiz Eduardo Baptista admitiu que o plano ainda não é o ideal para o torcedor, mas que é o necessário para que o Flamengo se reestruture.

“O Flamengo precisa de sua torcida. Chamamos os torcedores para que contribua e ajude o Flamengo a se reerguer. Esse plano precisa ser melhor para o clube que para o torcedor neste primeiro momento”, avaliou Luiz Eduardo. "Quem fala que é caro é porque não tem dinheiro ou porque não é tão rubro-negro como eu. O maior beneficiado tem que ser o Flamengo para que ele seja grande", destacou.

“É um programa que não tem pretensões de ser definitivo. Ele pode ter alterações no futuro”, ponderou Fred Luz, diretor de marketing do Flamengo. "Temos que fazer manutenção do avião durante o voo. Melhor começar hoje que amanhã", completou Luiz Eduardo Baptista.

A estratégia de divulgação do plano será maciça: o clube aposta na presença de Zico em propagandas de TV. O ídolo esteve presente à apresentação do programa e será um dos responsáveis por divulgar as quatro opções de pacotes, que tem mensalidades entre R$39,90 (pacote básico) a R$199,90. Nenhum deles, no entanto, dá direito a entrada gratuita em partidas do time ou direito a voto.

O Flamengo aposta em um modelo sem foco fechado no público que frequenta os jogos. O objetivo é aproveitar toda a sua torcida, estimada em 40 milhões pela diretoria. A inspiração é o Benfica, que tem alta taxa de conversão de seus torcedores em sócios sem dar entrada para suas partidas.

Os principais atrativos do programa são desconto e prioridade na compra de ingressos para jogos do Rubro-negro, além de participação no Movimento por um Futebol Melhor, liberado pela Ambev, que dá abatimentos em produtos de diversas empresas.

Fonte Link



Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário