Translate

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Zinho muda postura no Fla, evita exposição e 'sai por cima' em polêmicas

Pedro Ivo Almeida
Do UOL, no Rio de Janeiro

Contratado para comandar o futebol e ser a voz oficial do clube diante dos problemas do conturbado departamento, Zinho falou até demais no início de sua gestão no Flamengo e chegou a ser criticado pelo excesso de exposição e discursos contraditórios em algumas situações envolvendo a então estrela Ronaldinho Gaúcho.





Com o passar do tempo, a postura do dirigente mudou. A discrição e o silêncio tomaram conta de sua rotina e a polêmica com o novo astro do elenco, Adriano, no início da semana serviu para testar seu novo comportamento. E o executivo conseguiu "sair por cima" na história.

Ao contrário das polêmicas com Ronaldinho, quando chegou a omitir alguns fatos para preservá-lo e teve sua credibilidade questionada, Zinho não aliviou o vacilo do novo camisa 10. Na ausência de Adriano, que faltou a um treino para passar o dia na favela da Vila Cruzeiro, o dirigente não escondeu a indisciplina do Imperador e revelou em entrevista coletiva as medidas adotadas para punir o atleta.

"O Adriano faltou, não tinha folga marcada, e será punido por isso. Já conversamos e adotamos as medidas necessárias", frisou, na última terça, ao comentar o caso.


DIRETOR DO FLAMENGO LAMENTA QUE 'CERVEJINHA' TIRE OS LIMITES DE ADRIANO


O Flamengo já conhece bem os desafios que tem com Adriano em seu elenco. Zinho, diretor de futebol do clube, ressalta que não irá desistir do jogador e assegura que três indisciplinas não significam demissão imediata do Imperador. O cartola, em entrevista ao Extra, lamenta que uma “cervejinha” seja capaz de tirar os limites de Adriano, que gerou polêmica ao faltar treino de segunda-feira para ir à favela Vila Cruzeiro



E os discursos de Zinho estão ficando cada vez mais raros. Ao contrário de outras oportunidades, quando fazia questão de atender a todos os membros da imprensa para esclarecer possíveis problemas, o dirigente agora usa cada vez mais a assessoria de imprensa do clube, evitando um desgaste de sua imagem.

Até mesmo na apresentação de jogadores e em eventos oficiais do clube, Zinho pouco fala. Quando muito, o diretor faz um pronunciamento breve, onde procura evitar comentar assuntos que possam gerar uma repercussão negativa.



A decisão foi tomada principalmente após alguns discursos contraditórios, como na negociação com Riquelme, na demissão de Joel Santana e nas indisciplinas de Ronaldinho. Zinho viu suas palavras serem desmentidas pelas atitudes tomadas tempos depois.

E enquanto fala pouco aos microfones e foge dos holofotes, o dirigente trabalha muito nos bastidores para evitar novos problemas e ter que encarar uma entrevista coletiva como a da última terça-feira. Além de buscar a recuperação da equipe dentro de campo, Zinho se esforça fora das quatro linhas para que Adriano cumpra seu cronograma de treinos e seja notícia apenas pelo seu retorno aos gramados.

Sem polêmicas e com uma boa campanha do Flamengo no Campeonato Brasileiro, a intenção do diretor executivo é aparecer cada vez menos.

fonte link



siga-nos pelo twitter https://twitter.com/urubucarniceiro e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário