Translate

quinta-feira, 21 de março de 2013

Fla investe em contratos longos com jovens para evitar 'novos Mattheus'




Destaque do Flamengo no Carioca, Rafinha teve seu contrato ampliado por cinco anos
Rodrigo Paradella
Do UOL, no Rio de Janeiro


Em seus primeiros meses de trabalho, a nova diretoria do Flamengo tem tratado como prioridade a renovação de contrato dos jovens jogadores de seu elenco, e com multas rescisórias milionárias. A intenção é evitar perder revelações como o meia Mattheus, que deve deixar o clube rumo a Juventus em breve por ter o compromisso próximo do fim.

O caso mais recente é o do meia Rodolfo, que assinou contrato até março de 2017 na tarde da última quarta-feira. O jogador seguiu o exemplo de Rafinha, que há pouco fechou acordo por cinco anos. Os dois acertaram compromissos com multas rescisórias na casa dos R$ 130 milhões para clubes estrangeiros.



O técnico Jorginho comanda treino no CT Ninho do Urubu Alexandre Vidal/Fla Imagem

Outro que seguirá o mesmo caminho é Adryan. O jogador tratado como uma das grandes promessas do time campeão da Copa São Paulo de Futebol Junior em 2011 tem contrato até abril de 2014, mas a diretoria já acertou renovação com o meia até abril de 2016. O anúncio depende apenas da assinatura do novo vínculo.

“Quem entende de futebol, sabe que temos que fazer isso. Porque senão você perde o atleta de graça, o jogador sai por migalha. Isso é cuidar do patrimônio do clube. Não podemos manter o descaso com a base que vinha acontecendo antes”, disse Paulo Pelaipe ao UOL Esporte.

O caso de Mattheus exemplifica exatamente o que o Flamengo busca evitar. O meia se recusou a renovar o vínculo com o clube e usa o fato de seu contrato ter final ao término de 2013 para facilitar sua transferência para a Juventus. No fim do ano, o atleta poderia assinar um pré-contrato com os italianos, o que tem motivado o Rubro-negro a aceitar os cerca de R$ 5 milhões oferecidos.

“Hoje estamos negociando um valor que é bom, mas poderíamos receber mais por ele [Mattheus]”, disse Pelaipe. “Estamos analisando o caso de todos os jogadores para que isso não se repita”, completou.

Além da possibilidade de perder patrimônio, o Flamengo corre também para não ver sua equipe ameaçada em campo. Os garotos são atualmente peças importantes do elenco comandado por Jorginho. Rafinha é titular do time, enquanto Rodolfo constantemente é utilizado na mesma condição. Já Adryan não vem atuando, mas é avaliado com detentor de grande potencial.

Fonte Link



Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário