Translate

sexta-feira, 22 de março de 2013

Inflação recente é justificativa, e Fla aumenta valor dos títulos de sócios




Apesar da má conservação da Gávea, segundo a própria diretoria, clube revela reajuste de 43,4% e alega que não havia correção desde 2004


Por Cahê MotaRio de Janeiro


Sede do Flamengo na Gávea (Foto: Divulgação)

As informações sobre a situação da sede da Gávea não são as melhores. Assim que assumiu, a própria diretoria se mostrou insatisfeita com o estado de conservação deixado pela gestão anterior e tomou medidas imediatas, como o fechamento de uma das piscinas para reforma. Ainda assim, porém, o Flamengo anunciou nesta semana um aumento de 43,4% no valor da compra de títulos de sócios patrimonial e proprietário. A alegação é de que a quantia não sofria correção desde 2004.

Em nota oficial, o clube diz que a medida “valoriza o associado do clube e reforça o compromisso da diretoria em investir na sede social”. Não há, no entanto, prazo para que a Gávea seja reformada até que atinja um padrão satisfatório até mesmo diante da perspectiva dos próprios novos gestores. O Flamengo informa ainda que a inflação nos últimos oito anos seria correspondente a 61,6%, 18,2% a menos que o reajuste. A localização nobre do espaço foi outro ponto levado em conta para que chegasse a um consenso interno de que o preço estava defasado.

Com a mudança, o título de sócio patrimonial passou a custar R$ 8 mil, com possibilidade de parcelamento em 10 vezes iguais. Já no pagamento à vista, a quantia é de R$ 7.200 – 10% de desconto. Ambos têm carência de isenção de 10 meses. Já o de sócio proprietário vale R$ 11.500 se o pagamento for dividido e R$ 10.350 à vista. Neste caso, a primeira mensalidade só será cobrada 5 anos após o pagamento da primeira parcela.




Fonte Link


Siga-nos pelo twitter e fique por dentro das noticias do mais querido do mundo
Postar um comentário